segunda-feira, 17 de maio de 2010

-> A RELEVÂNCIA DA AFETIVIDADE E APRENDIZAGEM: RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO


Antônio Domingos Guimarães;
Josivam Rodrigues;
Laudejane Rodrigues dos Santos;
Maria Aparecida dos Santos;
Williams Jorge da Silva.


Observa-se uma necessidade de haver afetividade entre professor-aluno. Pois a educação está passando por uma queda de rendimento na aprendizagem divido o relacionamento entre a emoção para se ter uma educação de qualidade que não vise apenas os seus próprios interesses, porém se preocupem com o objetivo maior que são os educandos. Este projeto abordará como podemos quebrar paradigmas existentes no processo educacional, fazendo com que o vínculo afetivo cresça. Observando, os benefícios de uma afetividade sadia e o que fazer para consegui-la, para que tenhamos famílias e confortes vínculos afetivos. Tenhamos famílias e escolas com fortes vínculos e uma educação melhor.

Essa pesquisa foi baseada no processo de ensino visando detectar a afetividade entre professor-aluno, visto que vem se perdendo devido aos grandes problemas que a humanidade vem sofrendo. Até mesmo no próprio ambiente escolar observando cenas que não contém afetividade entre professor-aluno, como também alunos que não procuram se encaixar nas diversidades educacionais do orientador, porém este mostrará os benefícios de se ter um bem relacionamento e como adquirir um vínculo afetivo.

A afetividade entre professor-aluno é de fundamental importância para o progresso dos educandos, pois se faz necessário que os professores interajam com eles, isso é feito por meio de gestos e expressões de afeto que ganharão a atenção dos aprendizes. Como diz Fernandez: “Não aprendemos de qualquer um, aprendemos daquele a quem outorgamos confiança e direito de ensinar”. (Fernández, 1991, p. 47 e 52).

Realmente quando existe esse vínculo afetivo na sala de aula os educandos se expressam melhor e demonstram afetividade para com os professores.

A partir do momento que o professor consegue chamar a atenção dos alunos por trabalhar com emoção adequados os benefícios começam a aparecer, pois os aprendizes começam a relatar experiências a ganhar espaço para mostrar os seus talentos de diversas maneiras melhorando como filhos e sucessivamente como bons educandos.

No entanto só haverá reciprocidade se um tomar a iniciativa, e crio que isso tem que surgir principalmente do mediador. A partir desse passo iremos ser fonte de encorajamento e iremos também absorver conhecimento que jamais poderíamos imaginar. Pois os educandos nos surpreendem com suas histórias reais do cotidiano. É essencial investir num relacionamento professor-aluno sadio.

O vínculo afetivo entre professor-aluno é uma tarefa contínua tendo objetivo melhorar o sistema educacional. Faz-se necessário trabalhar a emoção para atingir um certo progresso que resultará em benefícios na sala e na família.

Portanto, é de suma importância nos conscientizarmos que se faz necessário desenvolvermos um vínculo afetivo entre professor aluno. Só assim, obteremos uma conquista: alunos produtores de conhecimento para uma vida melhor e uma educação satisfatória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário